música > letras

Quem és é quanto basta
Quem és é quanto basta
Fruto Proibido

Imagina os meus passos na estrada
Caminho por onde sei que vou
Sorrio à luz da madrugada
Que desperta quem eu sou
Sou quem parte em busca do caminho
Ilumino a noite quando estou
Nas ruas que me embalam sozinho
Eu sou quem se encontrou
Se queres vem dar-me o braço
Vamos sair daqui, ver a vida que eu vi
Anda percorrer o espaço
Vem dar conta de ti, sentir o que eu senti
Agarra-te ao meu regaço
Quem és é quanto basta
Diz se é isso que queres ser?
O tempo a passar e tu a ver?
Sentires que a vida te conduz
E afinal és tu a cruz
Sentires que a vida te conduz
E afinal és tu a luz