música > letras

Cego, surdo e mudo (porque não?)
Cego, surdo e mudo (porque não?)
Fruto Proibido

Dei-me a ti sem juras, que um dia ia aceitar
Nunca fiz promessas, mas quiseste acreditar
Em prazos sem validade, palavras que te menti
Compromissos de uma vida, onde estou melhor sem ti
Sei que custa, faz doer
E tens tudo a perder, mas
Porque não, porque não?
Seja cego, surdo e mudo
De repente fez-se luz
Estava dentro de mim
Seja cego, surdo e mudo
Quando já não estava à espera
Tu já não estavas em mim
Não temos histórias, com um final feliz
Crias os teus dramas, por coisas que nunca fiz
Nada do que pensas, me consegue estimular
Ninguém compra um castigo, mas eu sinto-me a pagar
Porque não queres saber quem sou?
Porque não assumes que és a dor que existe em mim?